Prisioneiro arranca os próprios olhos em protesto a condições de sua cela

Acredita-se que ele estava protestando por causa da alta temperatura

Um prisioneiro de identidade não revelada arrancou os próprios olhos em protesto contra as condições sufocantes dentro de sua cela em Nottingham, na Inglaterra.

Acredita-se que ele estava protestando por causa da alta temperatura em sua cela e as condições precárias do local. No entanto, o Ministério da Justiça disse hoje que não há nenhuma evidência sobre o caso.

O hospital não quis confirmar a condição do preso. Chefes da prisão dizem que já iniciaram uma investigação.


 Prisioneiro arranca os próprios olhos em protesto a condições precárias dentro de sua cela

Prisioneiro arrancou os próprios olhos em protesto contra as condições precárias em sua cela, devido principalmente pelo calor sufocante.

Uma fonte de dentro da prisão disse: ?Alguém cortou os olhos de seu rosto. Ele estava protestando. O calor é insuportável.?

Os serviço de ambulâncias confirmaram que foram chamados para o local as 18 h e 43 min para tratar um paciente do sexo masculino. Uma enfermeira da prisão já estava ajudando o homem.

A polícia também foi chamada para a prisão as 20 h na mesma noite, com um relatório de um homem ferido e, após investigações, foi estabelecido que nenhum crime havia ocorrido.

Os presos estão sendo impedidos de ter chuveiros, trabalho e programas de educação foram cancelados. Prisioneiros com problemas graves de saúde mental são mantidos em celas anteriormente utilizadas para confinamento solitário, e a comida dos presos muçulmanos têm sido contaminadas com produtos suínos.

Fonte: Metro