Procon abre procedimento para apurar mau atendimento da Eletrobras

Procon abre procedimento para apurar mau atendimento da Eletrobras

A medida exige adoção de providências necessárias à regularização dos serviços e atendimentos

O Programa de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon/PI), instaurou processo administrativo para apurar denúncias acerca da má qualidade do serviço de atendimento ao cliente (SAC) da Eletrobras no estado do Piauí. A empresa foi notificada para prestar os devidos esclarecimentos em razão das denúncias pela má prestação do Serviço de Atendimento ao Consumidor (SAC), e para adotar as providências necessárias à regularização do mesmo.

De acordo com o Procon/PI, as consequências da má prestação do serviço de atendimento ao cliente são gravosas, já que impede o acesso do consumidor a uma via rápida para a comunicação de problemas no fornecimento de energia elétrica à Eletrobras e obsta a imediata solução dos mesmos. Ainda em razão da ineficiência do SAC, percebe-se que interrupções, oscilações e outras formas de impropriedade do serviço de fornecimento de energia elétrica tem sua duração abusivamente prolongada em detrimento de uma solução rápida.

Procon ajuizou ainda uma Ação Civil Pública em face da empresa para normalizar o fornecimento de energia elétrica nas cidades de Castelo do Piauí, Juazeiro do Piauí, São João da Serra, Buriti dos Montes, São Miguel do Tapuio, Assunção do Piauí, Sigefredo Pacheco e Lagoinha, em virtude das continuadas interrupções na prestação do serviço.

Fonte: Denison Duarte