Procon multa bancos por fila de espera; agências de THE também devem ser multadas? responda!

Procon multa bancos por fila de espera; agências de THE também devem ser multadas? responda!

A primeira agência a ser fiscalizada foi a do Banco do Brasil da praça Saens Peña, na Tijuca, zona norte do Rio

A Secretaria de Defesa do Consumidor do Rio, junto com o Procon, realizou nesta terça-feira (5) uma blitz em agências bancárias para fiscalizar se os bancos estão cumprindo a lei municipal que prevê que as filas de caixas não podem demorar mais que 15 minutos. Em duas horas de operação, duas agências foram multadas, em R$ 10 mil cada, e outras duas autuadas. A lei é de 2011.

A primeira agência a ser fiscalizada foi a do Banco do Brasil da praça Saens Peña, na Tijuca, zona norte do Rio. No local, a fila somente para pegar senha para entrar no banco, às 10h10, tinha mais de 30 pessoas. Ao sair do banco, por volta das 10h40, a secretaria de defesa do consumidor e coordenadora do Procon-Rio, Solange Amaral, disse que a agência foi multada e tem dez dias para recorrer.

"Encontramos alguns dribles da legislação. Oito caixas, sendo três deles vazios, e todos os bancos da fila lotados. Do dia 1º ao dia 10 de todo o mês o banco tem que se preparar para dar atendimento correto e com respeito ao consumidor", disse. Nos primeiros dias do mês as agências costumam ficar mais cheias por causa do recebimento de salários e pagamentos de contas.

A aposentada Leda Moraes de Abreu, 83, é cliente da agência multada e disse que sempre pega filas grandes, principalmente em dia de pagamento. "É sempre uma hora ou mais de fila. As vezes o [caixa] preferencial demora mais ainda", disse a aposentada.

A secretaria e o Procon fiscalizaram, em junho e setembro, 28 agências da cidade consideradas mais críticas e autuaram todas elas. Nesta terça-feira (5), os órgãos escolheram seis delas para voltar e verificar como está a situação.

Os agentes autuaram mais duas agências: uma do Santander, também na praça Saens Peña, e uma do Itaú, na rua Hadock Lobo, também na Tijuca.

A agência do Itaú na rua do Catete, na zona sul do Rio, também foi multada em R$ 10 mil. "Além de as pessoas ficarem mais tempo na fila, [a agência] não cumpriu a parte da lei que diz que deve distribuir senhas e esse papel deve ser devolvido para o cliente com o horário em que ele foi atendido", disse a secretária, que também flagrou somente três caixas para atender a uma fila com 28 pessoas.

Fluxo aumenta nos primeiros dias do mês, diz Itaú

Em nota, o Itaú Unibanco diz que "tem como preocupação constante a satisfação dos clientes e adota diversas medidas para evitar a formação de filas e reduzir o tempo de atendimento das agências".

O banco diz que mede, a cada 30 minutos, o período de espera em todos os postos de atendimento instituição. "Ainda assim, nos primeiros dias do mês, período de pagamento e de vencimento de impostos, há um aumento significativo do fluxo nas agências", justifica.

Procurados, Banco do Brasil e Santander não se pronunciaram sobre as atuações feitas no Rio de Janeiro.

DEIXE SEU COMENTÁRIO ABAIXO:

Você acha que as agências bancárias de Teresina devem ser multadas pelo Procon por não comprirem a lei municipal sobre tempo para permanência nas filas bancárias?

Fonte: UOL