Professor da UFMS pede demissão após criticar "cursos de bichonas"

A conduta de Kruger vai ser investigada já que ele é aluno de mestrado na UFMS.

A Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS) confirmou que um professor substituto da instituição pediu demissão na segunda-feira depois da polêmica envolvendo uma postagem no Facebook. Kleber Kruger, que dava aulas para os cursos de ciência da computação e sistemas da informação, escreveu mensagem cobrando o fim dos "cursos de bichonas".

Segundo a assessoria da universidade, o pedido de demissão foi imediatamente aceito pela administração da instituição e nesta terça-feira ele já não daria mais aulas. Mesmo assim, a conduta de Kruger vai ser investigada já que ele é aluno de mestrado na UFMS. As publicações serão analisadas e o caso será encaminhado à Comissão de Ética.

Na postagem, que foi excluída do Facebook após repercussão, Kruger escreveu que chegou para dar aulas e viu algumas paredes pichadas com frases como "o homossexualismo é lindo". Ao manifestar sua indignação com o caso, ele disse que era preciso fechar os "cursos de bichonas". "Aí nas paredes daqueles cursos de bichonas tá tudo limpo! Depois eu falo que tinha que pegar aqueles cursos de gente colorida e fechar tudo e saio rotulado como preconceituoso", escreveu.

Fonte: Terra