Professores da Uespi decidem suspender greve até 13 de junho

Professores da Uespi decidem suspender greve até 13 de junho

Uma nova assembleia está marcada para 13 de junho com o objetivo de avaliar a proposta do governo

A Associação dos Docentes da Universidade Estadual do Piauí decidiu, em assembleia, suspender a greve deflagrada no início da semana. O motivo foi a abertura das negociações com o Governo do Estado. Ainda assim, o Estado de Greve continua e o movimento pode ser retomado caso não se chegue a um acordo sobre as reinvindicações salariais e de estrutura da instituição.

A greve começou na última segunda-feira. No dia seguinte, o governador Wilson Martins se reuniu com o comando de greve e prometeu apresentar proposta de reajuste salarial até 12 de junho. Os docentes querem piso de R$ 2.324 para o professor Auxiliar I com carga horária de 20 horas. Hoje, o pico é de R$ 1.071.

Uma nova assembleia está marcada para 13 de junho com o objetivo de avaliar a proposta do governo.

Ainda foi criada uma comissão de três professores, três estudantes e três técnico-administrativos, além de um representante da Central Sindical Popular. Eles vão negociar as pautas do movimento SOS Uespi, iniciado há mais de um ano em busca de melhorias na instituição, como novos laboratórios e equipamentos, restaurantes universitários, entre outros.

Fonte: apuranoticia