Professores da UESPI tentam negociação com Tribunal de Justiça

Professores da UESPI tentam negociação com Tribunal de Justiça

Um grupo de professores foi até a sede do tribunal tentar iniciar as negociações

Uma comitiva de professores da UESPI (Universidade Estadual do Piauí) esteve hoje no Tribunal de Justiça do Piauí para tentar uma intermediação com o Governo para começarem a negociar seu aumento salarial. A greve dos professores da UESPI já dura 19 dias.

Recentemente, o TJ-PI emitiu nota considerando a greve ilegal. Caso não voltem para as salas de aula, os professores serão multados e terão seus salários descontados. Mas o parecer do Tribunal ainda não chegou ao departamento jurídico do sindicato, e por isso a greve segue legítima, já que o decreto não foi formalizado.

Assim, os professores se anteciparam e procuraram mostrar que tem a intenção de negociar, tentando um diálogo com a própria presidente do Tribunal, a desembargadora Eulália Maria Ribeiro Gonçalves Nascimento Pinheiro. A partir de quando houver a intimação, os prazos já começam a correr, e o sindicato já deve tomar as medidas cabíveis.


Professores da UESPI tentam negociação com o Tribunal de Justiça

Fonte: Andrê Nascimento