Professores pedem demissão após serem pegos fazendo sexo no banheiro

Faculdade encerrou a investigação interna após a saída dos professores.

Dois professores teriam sido flagrados fazendo sexo na faculdade de Carshalton, no Reino Unido. (Foto: Reprodução/Daily Mail) Dois professores britânicos pediram demissão após terem sido supostamente flagrados por um estudante fazendo sexo no banheiro do "Carshalton College" em Surrey, no Reino Unido, segundo reportagem publicada nesta sexta-feira (13) pelo jornal inglês "Daily Mail".

De acordo com o periódico, John Waite, de 43 anos, professor de comunicação e design, e Tracey Andrews, professora de administração pública, teriam sido pegos com a "mão na botija" quando um adolescente entrou no banheiro.

O incidente aconteceu após uma premiação em dezembro. Após a direção da faculdade tomar conhecimento do caso, os dois professores foram suspensos de suas funções e foi aberto uma investigação interna para apurar o caso.

"Eu imediatamente ordenei uma investigação preliminar sobre os dois funcionários", disse o responsável pelo Carshalton College, David Watkins, após ter tomado conhecimento sobre o suposto ato sexual envolvendo os dois professores.

Segundo Watkins, a faculdade encerrou seu inquérito interno sobre as acusações que foram feitas contra os dois membros, uma vez que John Waite e Tracey Andrews deixaram o estabelecimento.

Waite confirmou que deixou a faculdade, mas se recusou a comentar o suposto caso. "Não vou falar nada sobre isso", afirmou ele.

O Carshalton College tem 4.300 estudantes. Desse total, 1,5 mil estudam em tempo integral, com idades entre 16 e 18 anos.

Fonte: AE/G1