Profissionais de educação do Estado recebem capacitação em Libras

A atividade possui 120 horas e está dividida em módulos.

Considerado o segundo idioma oficial do Brasil, a Língua Brasileira de Sinais (Libras) é responsável por integrar pessoas surdas a um mundo movido pela oralidade. No Piauí, a Secretaria de Estado da Educação (Seduc) no intuito de promover esta integração capacita professores em Libras em todo o Estado. Nesta sexta-feira (21) tem início mais um ciclo de aulas no Centro de Atendimento às Pessoas com Surdez (CAS-PI).

De acordo com a gerente do CAS, Raquel Andrade, o curso acontece de 15 em 15 dias, sendo destinado para professores dos municípios que não tem formação em libras. "Pensando nessa dificuldade abrimos esse curso para que os professores tenham acesso a essa formação, para que possamos cada vez mais contribuir com a inclusão dos surdos", afirma Raquel.

O encontro irá priorizar o diálogo em Libras entre os participantes com foco nas questões gramaticais e expressões faciais. A atividade possui 120 horas e está dividida em módulos.

O conteúdo formativo prevê o ensino das Culturas Surdas, a história da Libras, o perfil das comunidades usuárias da língua, bem como seu ensino prático. As aulas contam com exposição didática, conversação com diálogos em sinais, apresentação de novos sinais e estudo das estruturas gramaticais.

O curso é ministrado pelos instrutores que são deficientes auditivos, Carlos Douglas e Raimifran Silva.

Image title


Fonte: Assessoria