Projeto "Eu tenho Pai" inicia segunda etapa no auditório do TJ em Teresina

Ainda nesta segunda etapa serão realizados novos exames de DNA e reconhecimentos de paternidade voluntário

O Programa Justiça Itinerante realiza nesta segunda-feira (21), no auditório do Tribunal de Justiça do Piauí, a segunda etapa do projeto "Eu tenho Pai". A partir de agora serão realizadas audiências com a apresentação dos resultados dos testes de paternidade, feitos na primeira etapa do projeto que aconteceu em agosto deste ano.

Em caso de confirmação de paternidade, durante audiência serão expedidos os documentos necessários como mandados de averbação, ofícios para desconto em folha, entre outros. A abertura dos exames acontecerá nos dias 21 e 22 nos dois turnos, das 7h às 17h.

Ainda nesta segunda etapa serão realizados novos exames de DNA e reconhecimentos de paternidade voluntário.

Àqueles que possuem interesse em participar do "Eu tenho Pai", haverá novos atendimentos de 7h às 14h, no período de 21 a 25 de outubro.

O objetivo do projeto é estimular o reconhecimento voluntário de paternidade e, em casos que não seja conseguida a conciliação, e os envolvidos aceitem realizar o teste de paternidade por DNA, o referido exame será proposto e realizado pelo projeto.

A ideia surgiu em razão da grande demanda processual, principalmente pela assistência judiciária, e tem a intenção de realizar gratuitamente a perícia genética, seja na capital ou comarcas do interior.

Fonte: Jornal Meio Norte