Tratem a gente com respeito, diz promotor Ubiraci

Tratem a gente com respeito, diz promotor Ubiraci

Eliardo Cabral falou que a autoria do crime, foi coletiva

Os promotores Eliardo Cabral e Ubiraci Rocha afirmaram ao meionorte.com na tarde desta quinta-feira(13), que a possível omissão do vigilante da obra do prédio do TRT pode ter relevância penal. Segundo Eliardo, os depoimentos são os mais importantes para detectar a existência de omissão ou não por parte dos vigilantes. " Temos todas as informações com a gente. Solicitamos cópias de tudo que a polícia possui até o momento", falou o promotor.

Já Ubiraci Rocha, disse lamentar a conduta do delegado Paulo Nogueira, que para ele, está invertendo os papéis. " Os papéis devem ser diferenciados. Ele deve apontar os autores do delito, e não o Ministério Público", frisou ele. O promotor exigiu por parte dos delegados da Polícia Civil, respeito.

" Parem com insinuações aos promotores. A autoridade do Ministério Público deve ser respeitada. Tratem a gente com respeito, caso isso continue acontecendo, terão que cumprir as penalizações cabíveis", declarou Ubiraci.

Eliardo Cabral falou que a autoria do crime foi coletiva e lamenta que estejam denegrindo a imagem de Fernanda. " Não adianta denegrir a imagem da jovem morta, pois isso não vai reduzir e nem livrar a imagem do culpado", disse Cabral.

Os peritos solicitados pelos promotores, vindos de Brasília-DF deverão chegar amanhã em Teresina e não irão trabalhar em conjunto com outros peritos que participaram das investigações.

FOTOS: EFREM RIBEIRO





Fonte: Marcos Moraes