Proposta fortalece entendimento com delegados e policiais civis

Fábio Abreu apresentou a proposta mantendo 50% do reajuste de maio

A equipe de Governo responsável pela negociação com os delegados e policiais civis conseguiu avançar na proposta e afastar uma possível greve das categorias.

Os secretários de Segurança, Fábio Abreu; da Administração, Franzé Silva e de Governo, Merlong Solano, além do delegado geral Riedel Batista, receberam representantes dos sindicatos na manhã desta segunda-feira (25), no auditório da Sead.

O secretário de Segurança, Fábio Abreu, apresentou a proposta mantendo 50% do reajuste de maio e a parcela final para janeiro de 2016. Já a diferença de novembro de 2014 será paga integralmente nos contracheques de junho de 2015. Outro ponto relevante são as promoções. “É um avanço importante nas promoções porque há muitos anos já deveriam ter acontecido. Agora, o governador Wellington Dias autorizou implantar 50% em junho e o restante em fevereiro do próximo ano. Assim, acredito que a reunião foi satisfatória”, analisa Fábio Abreu.

O secretário Franzé Silva destacou que a proposta apresentada pela equipe de governo faz com que haja um entendimento entre as partes envolvidas e, assim, evita greve.A presidente do Sindicato dos Delegados, Andrea Magalhães, confirmou que a proposta apresentada atende parte dos anseios da categoria que deverá deliberar pelo entendimento em sua próxima assembleia. Já o presidente do Sindicato dos Policiais Civis, Constantino Júnior, confirma que a proposta é significativa e há vários pontos definidos que garantem reflexão positiva dos policiais civis.



Fonte: Ascom