Proprietário de veículo reclama de contratação ilegal para transporte de alunos em THE

Proprietário de veículo reclama de contratação ilegal para transporte de alunos em THE

O proprietário da empresa Olinda Turismo, Francisco Barbosa, registrou uma reclamação contra a Prefeitura Municipal de Teresina. Segundo ele há perda de rotas e redução nos valores relativo ao transporte de alunos, além de contratação de transportes sem licitação.

?Nós temos várias irregularidades a fazer contra o transporte escolar das zonas rural e urbana de Teresina, uma delas é a perda de rotas. Em 2013, enquanto a gente ganhava 12 mil numa rota, a nós passamos a ganhar 7 mil, mais de 15% de desconto. E nesse governo da prefeitura, nós ficamos sem receber o mês de dezembro de 2012. No começo do governo eu perdi duas rotas e agora, no carnaval, perdi mais uma.?

A reclamação se deu também em razão da falta de licitação da Prefeitura. ?Nós queremos pedir ao Ministério Público e à OAB que fiscalize os mais de R$ 2 milhões investidos no transporte escolar sem licitação. ?A lei diz que acima de R$ 10 mil tem que haver licitação e, no caso dos transportes escolares não houve licitação?, encerra.

Fonte: Denison Duarte