Quatro brasileiros ficam em lista dos gays mais poderosos da história

André Fischer, Luiz Mott, João Silvério Trevisan e José Celso Martinez são os quatro gays brasileiros eleitos pela revista Wink.

A revista holandesa Wink e sua versão internacional, a Mate, que circula no mundo inteiro em inglês, divulgou em sua atual edição a lista dos 500 gays mais influentes da história. A lista é bem boa e inclui personalidades já falecidas como Tom of Finland, Liberace e Divine e outros bem vivos. Tem o âncora Anderson Coooper, o ator inglês Ian McKellen, Chris Colfer (do Glee), George Michael, Tom Ford, o prefeito de Paris e o de Berlim e muitos outros.


Quatro brasileiros ficam em lista dos gays mais poderosos da história

Quatro brasileiros estão listados: André Fischer, Luiz Mott e João Silvério Trevisan. André é o melhor colocado entre eles, está na 261 posição. José Celso Martinez Correa (do teatro Oficina), ficou na 358ª. posição; Luiz Mott,do GGB, na 374ª. posição, e o escritor João Silvério Trevisan na 422ª.

No texto sobre André Fischer, a publicação destaca a criação do Festival Mix Brasil de Cinema há 20 anos, evento que já percorreu cinqüenta cidades brasileiras; também fala de sua participação ativa nas primeiras edições das Paradas Gays do Rio e de São Paulo, da criação do maior site LGBT da América Latina, e da editora que publica duas revistas de circulação nacional, a JUNIOR e a H Magazine, além dos programas de TV e rádio apresentados por ele.

Fonte: Mix Brasil