Queda de poste fere técnico durante manutenção no Rio

Ele sofreu ferimentos leves nas pernas e foi inicialmente socorrido pelos seus próprios companheiros

Hoje, por volta das 10h, um funcionário da GVT trabalhava no tensionamento de cabos da empresa em um poste na praça 14 de Fevereiro, no bairro do Fonseca, em Niterói, quando ao apoiar-se no cinto de segurança fixado ao poste, o mesmo cedeu caindo sobre o rapaz. No momento que o poste caiu, ele ficou apoiado em uma praça que fica num nível mais alto e isso evitou que ele fosse esmagado.

O funcionário sofreu aparentemente ferimentos leves nas pernas e foi inicialmente socorrido pelos seus próprios companheiros de empresa e posteriormente encaminhado pelos bombeiros ao Hospital Estadual Azevedo Lima, nas proximidades.

Ao que tudo indica, as condições precárias do poste, com ferragens expostas e enferrujadas, pode ter sido a causa do acidente, sendo possível verificar na mesma rua nas proximidades da praça, diversos outros postes em más condições.

Nota da redação: o Corpo de Bombeiros de Niterói confirmou o acidente na Rua Riodades, perto da praça 14 de Fevereiro e informou que uma equipe foi acionada às 9h35 desta quinta-feira (26). O funcionário da GTV, de 22 anos, foi levado para o Hospital Estadual Azevedo Lima com ferimentos leves na perna, atingida pelo poste. Segundo informações dos bombeiros, o rapaz correu o risco de ser eletrocutado por causa dos fios de alta tensão presos ao poste.





Fonte: g1, www.g1.com.br