‘Quero que falem onde estão os ossos do meu marido’, diz mulher de Amarildo

Todo mundo sabia a verdade: a polícia matou meu marido — afirmou Elizabete

A mulher do ajudante de pedreiro Amarildo de Souza, Elizabete da Silva, agradeceu o trabalho de investigação da Polícia Civil e disse que agora só pensa em encontrar o corpo do marido.

? Todo mundo sabia a verdade: a polícia matou meu marido ? afirmou Elizabete. ? Mas ainda não terminou. Quero que falem onde estão os ossos do meu marido. Só quero enterrar meu marido de forma digna. Eles não mataram só o Amarildo, mataram minha família toda. Vivemos batendo a cabeça com tudo isso. Agora quem tem que falar é a Justiça.

Elizabete disse ter recebido ontem inúmeros telefonemas de vizinhos e até de desconhecidos solidários ao seu drama.

? A gente não espera isso da polícia, está todo mundo arrasado.



Fonte: Extra