Racismo: Bebâda, russa é presa por chamar policial de macaco

A mulher se envolveu em uma confusão com funcionários de um supermercado.

Uma russa foi presa suspeita de cometer crime de racismo, neste domingo (18), na Glória, Zona Sul do Rio. Segundo o 2º BPM (Botafogo), ela teria chamado um policial de macaco.


Racismo: Bebâda, russa é presa por chamar policial de macaco

De acordo com a polícia, a mulher se envolveu em uma confusão com funcionários de um supermercado na Rua do Catete. Um policial que passava pelo local tentou conter a confusão e acabou ofendido pela estrangeira.

Ainda segundo a PM, a mulher, que mora no Brasil há 15 anos, apresentava sinais de embriaguez e teria tentado resistir à prisão. O caso foi registrado na Delegacia de Atendimento ao Turista (Deat). A polícia não informou se ela estava acompanhada de um advogado.

Fonte: G1