Rato cai vivo dentro do prato de coronel da PM em restaurante

Um rato caiu vivo direto do teto no prato do coronel da PM


Image title

Um rato caiu vivo direto do teto no prato do coronel da Polícia Militar e superintendente de Inteligência do Palácio Guanabara, Renan Gomes, que almoçava na Casa Brasil no Rio de Janeiro."Estava almoçando normalmente quando o camundongo caiu vivo no meu prato. Ele chegou ainda a se contorcer ali. Obviamente perdi o apetite. Chamei a viatura e fui fazer o registro na delegacia", relatou o coronel,

Ele lembra que o caso não configura crime: "Mas fiz a coisa certa. Tive que registrar. Quando você entra em um restaurante, paga pela higienização, pela segurança, e ainda pago os 10% cobrados. Ou seja, pagamos por todos os serviços prestados.Foi extremamente desagradável", completou.

Segundo o coronel, que já era cliente do estabelecimento, o gerente tentou minimizar a situação, mostrando uma nota fiscal de dedetização. Em seguida, o proprietário também foi falar com ele. "Eles devem cobrar então quem fez o serviço mal feito".

Restaurante é interditado

Agentes do Procon do Rio encontraram mais ratos na Casa Brasil e interditaram o estabelecimento. Segundo os fiscais, era um número infindável de baratas, ratos e fezes dos roedores.  No sótão do local, foram encontrados produtos vencidos. Os proprietários contaram que a Casa já seria fechada para obras.

Segundo o Procon na Casa Brasil foram encontrados:

-Vencidos:

- 1kg Massa de pastel venc 17/06/15.

- Barril de 50l Chopp Brahma conectado vencido em 12/06/15.


*Certificado de desinsetização e desratização vencido em 12/03/15


*Ausência do certificado Corpo de Bombeiros.


*Bebidas estocadas em contato com o chão.


*Ausência de autenticação no livro de reclamações.


*No estoque foram encontrados ratos vivos, baratas e fezes de roedores.


Fonte: Com informações do Odiaonline