Recém-nascido morre por tétano depois de seu pai cortar cordão umbilical com tesoura durante parto caseiro

O bebê, tratado pelo pseudônimo Xiao Shuang, nasceu na noite de 19 de março deste ano e teria sido o terceiro filho da família.

Um bebê recém-nascido morreu contaminado por tétano apenas 10 dias depois que nasceu porque que teve seu cordão umbilical cortado por uma tesoura durante um parto caseiro.

A criança, nascida na cidade de Guizhou, China, morreu devido ao tétano, que acredita-se ter sido contraído a partir de uma tesoura contaminada utilizada para cortar o seu cordão umbilical.

O bebê, tratado pelo pseudônimo Xiao Shuang, nasceu na noite de 19 de março deste ano e teria sido o terceiro filho da família.

A criança nasceu na casa da família e seu pai, Zhang, contou que havia comprado uma tesoura em uma loja local, a esterilizado em água fervente e a usado para cortar o cordão umbilical do bebê.

Zhang também contou que sua primeira filha nasceu na mesma circunstância e que ele mesmo cortou seu cordão umbilical.

Em 25 de março, seis dias após o nascimento, o bebê começou a chorar incontrolavelmente e foi levado um hospital, onde foi diagnosticada com a doença.

Apenas três dias depois a criança parou de respirar e faleceu.

De acordo com um médico do hospital, o método utilizado pelo pai funciona para esterilizar a tesoura, não as bactérias causadoras do tétano.

Fonte: Gadoo