Reduzir maioridade penal não vai resolver violência, diz Unicef

Proposta reduz a maioridade para os crimes considerados hediondos.

Nesta terça-feira (30) será votada na Câmara dos Deputados uma proposta de emenda à Constituição (PEC) 171/93 que reduz de 18 para 16 anos a maioridade penal para quem praticar crimes graves. Pensando nisso, o Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) divulgou um vídeo em que alerta sobre a  redução da maioridade penal. 

No vídeo, Mario Volpi, que é  coordenador de Programas para Adolescentes da organização, explica que a solução é criar oportunidade para os jovens.

"A solução para o problema da violência no País é criar oprotunidades para que os adolescentes possam desenvolver seus talentos, realizar seus sonhos, mas sem praticar delitos. Para aqueles que cometerem crimes, temos que ter um sistema suficientemente rigoroso para recuperá-los e interromper essa trajetória",diz.

A proposta, que foi aprovada no último dia 17, reduz a maioridade para os crimes considerados hediondos, como estupro, latrocínio e homicídio qualificado (quando há agravantes).

Image title


Fonte: Com informações do Terra