Reincidência criminal chega a 90% em Teresina

Os crimes onde há o maior percentual de reincidência se refere ao tráfico de drogas e ainda ao porte ilegal de armas.

CONFIRA A REPORTAGEM COMPLETA NA EDIÇÃO DESTA QUARTA-FEIRA (04) DO JORNAL MEIO NORTE

A reincidência de bandidos na criminalidade é algo bastante recorrente em Teresina. Segundo dados das Rondas Ostensivas de Natureza Especial (Rone), o percentual de criminosos que, depois de postos em liberdade, voltam a praticar crimes, chega a cerca de 90%.

O capitão da Rone, Fábio Abreu, afirma que existem casos em que o mesmo bandido já foi preso dez vezes pelos homens da Rone, ou seja, eles são presos e voltam a praticar crimes após serem postos em liberdade. Os crimes onde há o maior percentual de reincidência se refere ao tráfico de drogas e ainda ao porte ilegal de armas.

?No caso do porte ilegal de armas, isso piorou quando foi permitida a soltura do preso após o pagamento de fiança. Antes disso, o porte ilegal não era tão comum e, consequentemente, os homicídios eram menos. Agora o bandido sabe que se for preso por estar portando arma de fogo, ele será solto após pagar a fiança. Então esse crime acaba compensando para eles?, reclamou Fábio Abreu.

Recentemente, o acusado de matar o menino Philipe Athos de Lima Guerra, de 6 anos de idade, no bairro Promorar, foi preso novamente, com uma arma de fogo, ao tentar fugir de uma abordagem realizada pela polícia. Ele foi preso pela morte do menino, mas há algumas semanas ganhou o direito de responder pelo crime em liberdade.

Fonte: Pollyana Carvalho