Remédio para gripe suína vai ser oferecido de graça em farmácias populares

Governo também vai pagar parte de medicamento comprado na rede privada

O remédio oseltamivir, vendido comercialmente como Tamiflu e usado no tratamento da gripe A (H1N1), conhecida como suína, estará disponível em farmácias populares a partir do mês que vem. O Ministério da Saúde publicou uma decisão sobre o assunto no Diário Oficial da União nesta sexta-feira (5).

O medicamento, que já estava disponível em hospitais da rede pública, agora será oferecido em unidades do programa Farmácia Popular do Brasil, que tem 530 unidades próprias espalhadas por 411 cidades. Nesses locais o produto será grátis. Os pacientes devem ter uma receita médica com validade de no máximo cinco dias, que será retida na farmácia. O ministério diz ter enviado 700 mil tratamentos aos Estados e que a previsão é que esse número chegue a 2 milhões até o fim do ano. O gasto deve ser de R$ 60 milhões do governo federal.

O Tamiflu também vai ser vendido em farmácias privadas que têm o selo Aqui Tem Farmácia Popular, em que existe uma parceria das empresas com o governo. Nesses locais o remédio pode ter até 90% de desconto para o consumidor final ? essa parte é custeada pelo ministério. O resto é pago pelo consumidor.

No caso desses estabelecimentos a oferta depende da capacidade do laboratório fabricante, a Roche ? esses medicamentos não são repassados pelo governo, mas sim comprados diretamente do fornecedor. O ministério disse não ter estimativa de quanto isso vai custar aos cofres públicos.

Recentemente o ministério comprou 6,4 milhões de tratamentos de oseltamivir e 3 milhões de unidades da versão infantil do medicamento.

Fonte: R7, www.r7.com