Renault Samsung SM7 vai custar 19.724 euros na Coreia do Sul

Renault Samsung SM7 vai custar 19.724 euros na Coreia do Sul

Nova geração do sedã é a grande aposta da montadora no país.

A divisão sul-coreana da Renault, a Samsung, divulgou mais detalhes sobre o novo sedã SM7. O carro começa a ser vendido oficialmente na semana que vem. A montadora francesa, que comprou 70% em participação na Samsung Motors, diz que o modelo provocará um "efeito radical? sobre o segmento de sedãs grandes.

Para desenvolver o modelo, a montadora investiu 207 milhões de euros durante 32 meses. O SM7 irá substituir o antigo SM7, também chamado de Nissan Maxima em outros mercados, e será o modelo topo de linha da marca no mercado sul-coreano.

O carro vai ganhar a terceira geração dos motores Nissan VQ. O modelo sul-coreano tem duas opções de motorização. Uma delas é um V6 2.5 que entrega 192 cavalos de potência máxima e 24,7 kgfm de torque que, segundo a fabricante, faz 11 km/l.

A outra opção vem com motor V6 3.5, que desenvolve 261 cv e 33,6 kgfm. O consumo médio é de 9,6 km/l. Ambos os motores estão ligados a uma transmissão de seis marchas automática padrão com uma função de mudança manual.

O novo SM7 está com medidas maiores. De acordo com a Renault, o espaço para acomodar o joelho dos passageiros está 70 mm maior. O projeto, feito sob a aliança Renault-Nissan, conta com linhas mais modernas.







A frente é dominada uma enorme grade trapezoidal e faróis de LED. O perfil do carro apresenta uma terceira janela lateral, um elemento encontrado também na SM7 atual. A traseira tem dois escapamentos ovais grandes, mas as peças mais marcantes são as lanternas traseiras em formato de bumerangue.

A empresa disse que os preços para a nova gama SM7 será de 19.724 euros (R$ 44.377) a 25.641 euros (R$ 57.689), cerca de 1 mil euros mais cara do que a geração anterior. O Samsung SM7 compete no mercado sul-coreano com o Hyundai Azera (Grandeur) e o Kia K7.

Fonte: Auto Esporte