Casas não são entregues e moradores reclamam em THE

Casas não são entregues e moradores reclamam em THE

Algumas das famílias cadastradas para receber os imóveis foram remanejadas para o Parque Sul e dúvida aflige população

As 250 casas do Residencial Cidade Sul foram terminadas, mas acabaram não sendo entregues à população. Tudo porque o projeto Minha Casa Minha Vida apresenta falhas. As residências possuem forros empenados, tomadas mal colocadas e telhas quebradas. Toda a parte de acabamento das casas não está pronta.

?Eu queria resposta da Caixa Econômica para ela dar um prazo que já nos deram uns quatro prazos e eu gostaria que esses orgãos competentes, essas autoridades dessem uma resposta definitiva?, revela um dos representantes das famílias que esperam pela liberação das casas.


Residencial Cidade Sul não é entregue por falhas de acabamento

Os problemas, segundo os moradores, fizeram com que a Caixa não entregasse as casas. Muitas das famílias que esperam são pobres e querem fugir do aluguel, mas por conta das muitas problemáticas está difícil. Alguns chegaram até mesmo a renovar o cadastro, mas até agora não tem resposta e nem prazo para receberem os imóveis.

?As casas já estão prontas, a documentação já está há mais de um ano toda certa e a Caixa Econômica tem que entregar para os beneficiários. A gente não deve é deixar de forma alguma que os vândalos invadam as casas da gente. Nós que estamos esperando por esses imóveis moramos de agregados, de aluguel e então não temos condições de estar pagando isso. Na casa que eu moro, o homem já até pediu a casa e para onde é que eu vou?, indaga uma dona de casa.


Residencial Cidade Sul não é entregue por falhas de acabamento

Depois de mais de um ano de espera os beneficiários acordaram nesta manhã com uma notícia estranha. É que alguns moradores acabaram sendo transferidos para o Parque Sul e agora surge a dúvida se todos os já cadastrados serão transferidos. Se isso acontecer, o que será feito das casas do Residencial Cidade Sul? Esta é a maior indagação dos moradores cadastrados. O valor todas do investimento é de R$ 9.250.000.0 e 250 famílias serão beneficiadas, mas ainda esperam uma definição por parte da Caixa Econômica.

Fonte: Marcilany Rodrigues