Criança com cicatriz é expulsa de restaurante por "assustar clientes"

Criança com cicatriz é expulsa de restaurante por "assustar clientes"

Em abril deste ano, a pequena Victoria perdeu o olho direito e ficou com cicatrizes na boca e no nariz após ter sido vítima de um cão da raça pitbull

Responsáveis pela rede de fast-food KFC estão investigando o caso de uma menina de 3 anos que foi expulsa de uma unidade do restaurante, por ser estar ?assustando clientes?, em Jackson, no Mississippi (EUA), na última semana. Victoria Wilcher tem cicatrizes no rosto depois de ter sido atacada por um cachorro.

Através do Facebook, a família da criança denunciou a conduta dos funcionários do estabelecimento, que pediram a saída da pequena do local. As informações são do The Mirror.

Em abril deste ano, a pequena Victoria perdeu o olho direito e ficou com cicatrizes na boca e no nariz após ter sido vítima de um cão da raça pitbull.

A família da menina que, desde então, tem usado uma conta no Facebook para narrar os progressos dela, usou o espaço para protestar contra a situação vivida por eles. ?Será que este rosto parece assustador para você? Na semana passada, no KFC de Jackson, em Mississippi, este rosto precioso foi convidado a sair do local, porque estava assustando os clientes. Eu nunca mais vou por o pé em outro KFC e, pessoalmente, escreverei (sobre o caso) para o CEO da empresa?, escreveu a mãe da menina na rede social.

Após a publicação ter sido amplamente compartilhada entre internautas, responsáveis pela rede de restaurantes afirmaram que uma investigação sobre o incidente foi iniciada e que seria levada ?muito a sério?.

?Temos tolerância zero para qualquer tipo de ações ofensivas ou desrespeitosas para com os nossos clientes. Nossa investigação está em curso. Estamos em contato com a família e estamos empenhados em fazer algo apropriado para esta linda menina e sua família?, informou o porta-voz da companhia Rick Maynard.

Fonte: Extra