Revoltado, Médico agride pacientes em posto de saúde devido reeleição de Dilma Rousseff

Revoltado, Médico agride pacientes em posto de saúde devido reeleição de Dilma Rousseff

Revoltado com reeleição de Dilma Rousseff, médico agride pacientes em posto de saúde de Diadema

O acirramento dos ânimos por conta das eleições presidenciais ainda não acabou, pelo menos para alguns médicos de Diadema, na Grande São Paulo. Na última segunda-feira (10), um deles perdeu totalmente a compostura e partiu para agressões físicas e verbais contra pacientes, chamados de ‘babacas’.

“O PT está deixando o País uma merda! Vocês são babacas”, disse o médico, diante do posto de saúde lotado de pessoas a espera de atendimento. O momento de descontrole do profissional de saúde foi registrado por uma paciente, que postou o flagrante na sua página no Facebook.

A ira do médico não teria sido a única e foi desencadeada pela ida do vice-presidente do PT de Diadema, Joel Fonseca, ao posto de saúde. O petista estava acompanhando da mulher, que não passava bem, e acabou discutindo com o médico, diante de discordâncias políticas. Fonseca gravou um vídeo ao ABCD Maior sobre a confusão, que teria tido inclusive tentativa de agressão física.

“Sempre aparecia um médico dizendo que aquela fila era culpa do governo. Entrei com minha mulher para ser atendido e no final falei ‘a situação aqui não está boa, não é doutor?’. E ele respondeu: ‘votaram na Dilma, vai ter Lula e vai continuar essa situação precária’ (...). Ele ficou nervoso e disse que eu não podia falar essas coisas no consultório dele”, comentou.

"Ele está lá para atender a população (...). Se quer fazer discussão política, que faça com a categoria dele”, complementou o petista.

Segundo o ABCD Maior, o caso polêmico foi registrado no 1º Distrito Policial de Diadema, que deve ouvir os médicos e os demais envolvidos. Já a Prefeitura de Diadema abriu um processo interno para investigar o tema.

Clique e Curta Portal Meio Norte no Facebook

Fonte: Brasil Post