Reynaldo Gianecchini: Médico do hospital Sírio Libanês descarta outras doenças

Reynaldo Gianecchini: Médico do hospital Sírio Libanês descarta outras doenças

"Fizemos todos os exames imagináveis, inclusive HIV, e deu tudo negativo", comentou.

Davi Uip, médico da equipe do Hospital Sírio Libanês que está cuidando do tratamento de Reynaldo Gianecchini contra o linfoma (tumor maligno no sistema linfático), disse à reportagem de QUEM, nesta sexta-feira (12), que foram realizados todos os tipos de exames e não apenas os que conseguiriam detectar o tipo da doença do ator. "Fizemos todos os exames imagináveis, inclusive HIV, e deu tudo negativo", comentou.

O médico ainda disse: "Por decisão da antomia patológica (que lida com o diagnóstico da doença), os exames também foram enviados à Harvard (nos Estados Unidos) para abrir a avaliação. É um procedimento de praxe quando o caso é delicado, não comum, ou de grande repercussão. Por enquanto, acredito que nem no final de semana teremos novidades a respeito disso".

Sobre a disposição do paciente, David Uip garantiu que "Gianecchini está bem e prometeu que iria correr na esteira hoje. Ele correu ontem".

Sobre o caso de câncer na família, (o pai do ator, o professor Reynaldo Cisoto Gianecchini, - que está se tratando de um câncer no fígado desde o início do ano), o médico disse se tratar de uma infeliz coincidência. "Só uma mulher muito forte para suportar o que está acontecendo com marido e filho ao mesmo tempo", disse, referindo-se à Dona Heloísa, mãe do ator, que está ao seu lado "o tempo todo".

O ator teve seu problema detectado logo após uma reação alérgica e inflamatória. "Quimio e radioterapia são contra-indicadas agora. Por enquanto, ele trata uma infecção. Para isso, está tomando antibióticos para curá-lo deste quadro infeccioso. Depois de curar essas infecções, será iniciada a proposta terapêutica", explicou o infectologista David Uip.

Fonte: Quem