Rodovias registram grande movimento no feriado no PI

O feriado prolongado levou muitas pessoas a pegar a estrada e com o aumento no fluxo de veículos saindo da capital

O feriado da Proclamação da República comemorado ontem (15), para muitos piauienses teve início ainda na tarde do dia anterior, já que nas BRs 316 e 343 foi perceptível o crescimento do volume de veículos. Em razão disso, há também a preocupação com a possibilidade do aumento do número de acidentes, algo comum em feriados assim. Por isso, a Polícia Rodoviária Federal do Piauí deslocou mais equipes para os postos de fiscalização, afim de garantir mais tranquilidade nas estradas.

De acordo com o inspetor da PRF do Piauí, Raimundo Rameiro, essa fiscalização mais intensa nas estradas se destina a garantir, além de mais segurança para quem trafega, a otimização do fluxo de carros, principalmente na via que liga a capital ao litoral, que na manhã de ontem era com a maior circulação de veículos.

?Essa estrada apresenta uma demanda maior de tráfego, então precisamos garantir que o trânsito tenha fluidez, por isso, além dos 4 postos de fiscalização que existem, nós também contaremos com reforços para atender outras necessidades?, disse.

O inspetor Rameiro afirma ainda que a fiscalização também deve ser aplicada de maneira mais enfática no sentido do comprimento das regras de trânsito, principalmente para aqueles condutores que insistem em fazer a perigosa combinação entre álcool e direção, sendo este o fator principal das causas de acidentes.

Já para o retorno à capital, o inspetor da PRF destaca que a expectativa é que ela seja melhor distribuída, pois o retorno acontece no turno da tarde. ?O último dia de feriado tem como um dos problemas o congestionamento na chegada a Teresina, então é preciso paciência dos motoristas para que o trânsito possa fluir, e também evitar ultrapassagens pelo acostamento, porque essa é uma manobra que pode resultar em acidentes?, alerta.

Sobre as ultrapassagens por essa área, Rameiro ainda ressalta que essa é uma comportamento que vai contra as normas do Código de Trânsito Brasileiro, sendo considerada uma infração grave, pois os acostamentos são espaços destinados à circulação de pedestres e ciclistas, ou para veículos em reparo.

Não se deve esquecer também que para garantir uma viagem tranquila é preciso que os motoristas respeitem as demais regras de trânsito, a exemplo do uso de cinto de segurança ou capacete, não trafegar acima da velocidade máxima permitida e respeitar as sinalizações existentes, afinal, trânsito é vida.

Fonte: Wherika Carvalho