Salvador vai realizar seu primeiro casamento coletivo LGBT em 2016

Salvador vai ficar ainda mais colorida no dia 10 de junho de 2016.

Salvador vai ficar ainda mais colorida em 2016. Em 10 de junho, a capital baiana vai realizar seu primeiro casamento coletivo LGBT, para reconhecer social e judicialmente as uniões homoafetivas.

O anúncio do projeto Sim ao Amor – Casamento Coletivo LGBT foi feito na última quinta-feira (8), pelo Ministério Público do Estado da Bahia (MP-BA).

Os casais interessados em se inscrever devem procurar o Grupo de Atuação Especial em Defesa da Mulher e da População LGBT (Gedem), para serem instruídos sobre os procedimentos.

“Esse projeto é uma forma do MP promover uma ação afirmativa de combate à intolerância. Além de mostrar mais uma faceta do MP, a promoção do amor, esse projeto é uma forma também de mostrar que o promotor de Justiça pode contribuir para a felicidade do outro. Ações de bem-estar também é uma missão nossa", disse Ediene Lousado, procuradora-geral de Justiça, no lançamento, como conta o site do MP-BA.

Estão envolvidos no Sim ao Amor o Gedem, o Grupo de Atuação Especial de Proteção dos Direitos Humanos e Combate à Discriminação (Gedhi), o Centro de Apoio Operacional às Promotorias de Justiça Cíveis, Fundações e Eleitorais (Caocife) e movimentos sociais que atuam pelos direitos LGBT.

Casamento coletivo LGBT (Crédito: Reprodução)
Casamento coletivo LGBT (Crédito: Reprodução)


Fonte: Brasil Post