Santa Catarina confirma 11ª morte por gripe suína

O paciente de 49 anos morava em Lindóia do Sul e morreu no Hospital São Francisco

 A Secretaria Estadual da Saúde de Santa Catarina confirmou nesta sexta-feira a 11º morte em decorrência da gripe suína. O paciente de 49 anos morava em Lindóia do Sul e morreu no Hospital São Francisco, em Concórdia, que é referência de atendimento da microrregião. Em todo o País, o número de mortes confirmadas pelas secretarias estaduais de Saúde chega a 406.

A vítima apresentou os primeiros sintomas no dia 28 de julho, foi internado no dia 5 de agosto e morreu na última segunda-feira, 17 de agosto. Das 58 mortes que estavam em investigação, dois deram negativo para Influenza A (H1N1). Uma paciente era de Xanxerê, tinha 16 anos e morreu no Hospital Regional São Paulo.

O outro caso descartado para gripe suína se refere a um paciente de 68 anos, residente em Águas Frias, também na região oeste. Com as atualizações desta sexta-feira no sistema de dados da Vigilância Epidemiológica Estadual (DIVE), o número de casos em investigação em Santa Catarina subiu para 1.898.

Até o momento foram confirmados 199 casos de Influenza A (H1N1) e descartados 320 casos inicialmente considerados suspeitos. Os outros Estados que confirmaram mortes foram: São Paulo (134), Paraná (119), Rio Grande do Sul (84), Rio de Janeiro (43), Minas Gerais (6) Paraíba (2), Mato Grosso do Sul (1), Bahia (1), Distrito Federal (1), Pernambuco (1), Rondônia (1), Pará (1) e Amazonas (1).

Fonte: Terra, www.terra.com.br