Secretaria de Justiça aposta em um novo projeto de ressocialização

Ações

Contemplando as ações no desenvolvimento do sistema e as estratégias referentes a ressocialização, a Secretaria de Justiça (Sejus) inicia hoje mais um projeto, desta vez abarcando a Penitenciária Feminina, explanando a relevância de atividades culturais na mudança das presidiárias. O tangenciamento dos esforços, que amplia-se também pela adoção de mecanismos pautados na educação e no trabalho, desponta como uma aposta na reinserção do grupo na sociedade, de modo que novos delitos não sejam cometidos ao fim da pena.

Com esse viés, o projeto ‘A mim resta a sua visita!’ focará no teatro, promovendo a manifestação artística como arcabouço de construção para um espaço de livre expressão e de acolhimento. “A proposta é humanizar e integrar todo o sistema numa atmosfera de sensibilização”, impôs a coordenadora Sandra Loyola.

Através desse trabalho, o secretário de Justiça, Daniel Oliveira, destacou que o avanço conquistado pelas experiências no campo da ressocialização é uma grande conquista na atual gestão, versando para as metas prospectadas neste âmbito. “Avançamos em relação ao trabalho com os detentos, nós temos uma meta que é colocar a maioria da população carcerária do Estado envolvida num desses três eixos de trabalho: educação, produção ou atividade religiosa nos presídios.

Fonte: Francy Teixeira