Secretaria de Saúde investiga morte por dengue hemorrágica

Secretaria de Saúde investiga morte por dengue hemorrágica

Dengue hemorrágica faz sua primeira vítima em Parnaíba

O jornalismo do Proparnaiba.com obteve agora a noite (22:30h), informações do vice-prefeito de Parnaíba Florentino Neto, dando conta de que duas equipes já estão trabalhando no caso da morte causada pela dengue hemorrágica em Parnaíba.

Segundo o vice-prefeito Florentino Neto, a equipe da vigilância epidemiológica já foi ao Hospital Dirceu Arcoverde em busca de informações sobre o caso, como: exame de sangue e outros testes feitos no hospital e, também, se dirigiu até a família para colher informações sobre os dias em que Genivaldo passou doente em casa e que tipo de medicação tomou. A equipe ambiental também se dirigiu a família para examinar a área de sua residência e o local onde Genivaldo estava realizando trabalho de pedreiro. As duas equipes estão trabalhando para detectar a área infectada e logo que for feito o levantamento, vai ser realizado um trabalho de combate as larvas, com os procedimentos cabíveis.

Dengue hemorrágica faz sua primeira vítima em Parnaíba/b>

O pedreiro Genivaldo Ribeiro de Araújo veio a óbito na madrugada desta segunda, 07, na UTI do Hospital Dirceu Arcoverde. O laudo médico atestou dengue hemorrágica. Genivaldo deu entrada no HEDA no último sábado, mas a uma semana estava doente.

Segundo informações da esposa de Genivaldo, Célia Araujo, seu marido estava trabalhando em uma residência de bairro não identificado pela mesma, colocando azulejos em uma piscina quando apresentou os sintomas de febre e dores no corpo. ?desde a segunda-feira passada que ele se sente mal. Chegou a pedir para um irmão prosseguir na obra porque ele já não agüentava mais de dores no corpo. Mas ele tava tomando remédio só em casa mesmo, porque nós achávamos que era só uma virose. Somente no sábado nos o levamos ao hospital porque ele tava só desmaiando?, relatou.

De acordo com a família de Genivaldo, outra pessoa havia adoecido antes dele no mesmo local apresentando os mesmos sintomas. Segundo Célia Araujo, seu marido não teve diarréia nem hemorragias, mas piorou muito seu quadro no último fim de semana. ?Ele desmaiava muito aí decidiram interná-lo na UTI. Ele está todo roxo nas costas, no pescoço, orelhas?, disse.

Genivaldo tinha 41 anos de idade, era pai de 03 filhos e residia no bairro Piauí. Seu corpo foi velado na residência de sua mãe, no bairro pindorama. Nosso jornalismo confirmou com o HEDA a causa da morte de Genivaldo que aponta Dengue Hemorrágica.

Esse é o primeiro caso de dengue hemorrágica em Parnaíba neste ano. A cidade vem batendo recordes nos últimos anos chegando a registrar baixíssimos números de casos e sendo referência no estado. Até a 5ª semana de acompanhamento deste ano, 08 casos de dengue foram registrados.

Fonte: Proparnaiba.com.br