Secretário de Segurança regulamenta hora planejada da Polícia Civil

A portaria é considerada um avanço, pois regulamenta hora planejada

O secretário de Segurança Fábio Abreu assinou uma portaria nº12.000-224 que confere à Delegacia Geral da Polícia Civil a organização das horas planejadas no Estado do Piauí. Com a decisão, o documento aponta ainda que as operações destinam-se exclusivamente a serviço das Unidades Policiais Civis, podendo ter execuções em qualquer dia da semana e diferentes turnos.

Para o delegado geral da Polícia Civil do Piauí, Riedel Batista, a portaria é considerada um avanço, pois regulamenta a hora planejada e ainda agiliza as atividades dos policiais nos distritos policiais e operações. “A portaria otimiza o trabalho do efetivo que temos atualmente na Polícia Civil. Com a decisão nós iremos duplicar a força de trabalho, possibilitando a compra das folgas dos policiais civis que, por ventura, estiverem disponíveis a exercer aquela função”, declarou.

Com a decisão, o delegado geral espera reforçar os trabalhos nas unidades policiais que necessitam maior efetivo e diminuir os índices de homicídios, roubos e o agilizar o permanente trabalho de combate ao tráfico de drogas. “Os policiais que trabalham em escala de plantão 24 horas por 72h, poderão fazer outra atividade dentro da profissão, viabilizando e fortalecendo os atendimentos nos distritos policiais, Central de Flagrantes, Núcleo de Gênero, além de participar as operações na capital e no interior do Piauí”, completou.

A portaria ainda reforça que os policiais civis de serviço administrativo poderão participar das operações planejadas sem prejuízo nas atividades durante expediente. A manutenção do banco de dados mensais das horas planejadas constando ordens de serviço, data e identificação dos policiais, ficarão a cargo das Gerências de Polícia Metropolitana, Polícia Especializada, Policia do Interior e Técnico-Cientifica.

Fonte: Com informações do Portal do Governo