Seduc entrega notebooks a alunos que vão representar PI em Brasília

A iniciativa visa dar um maior suporte ao trabalho

Os estudantes Antonia Maria Ferreira da Silva e João Marcos Borges da Silva, que representarão o Piauí na edição 2016 do Parlamento Jovem Brasileiro (PJB), receberam notebooks da Secretaria de Estado da Educação (Seduc), neste sábado (24). A iniciativa visa dar um maior suporte ao trabalho a ser desenvolvido pelos alunos em Brasília. 

Durante a entrega dos computadores portáteis, o superintendente de Ensino da Seduc, Carlos Alberto, destacou o trabalho de incentivo aos alunos em diversos projetos. "A secretária Rejane Dias, com zelo pelo processo educacional, encaminhou a entrega de dois notebooks aos alunos para que eles possam melhor exercer as atividades no parlamento. Estes estudantes são exemplos para nós que fazemos a Secretaria de Educação e esperamos que a vida deles mudem. Nós temos agora o parlamento do Congresso Nacional, mas também o da America Latina, as várias olimpíadas, todas atividades que os nossos alunos podem participar e se destacar", afirmou.

Antonia Maria e João Marcos são alunos das escolas Nossa Senhora da Paz e Centro de Ensino Médio de Tempo Integral (Cemti) João Henrique de Almeida Sousa, respectivamente. Os dois foram os piauienses selecionados pela Câmara dos Deputados para participar do mandato de parlamentar juvenil por um ano.

Natural do município de Miguel Alves, a aluna Antonia Maria vieira da Silva revela a alegria de receber o notebook. “A emoção de estar ganhando este computador é enorme, pois nunca pensei que receberia este presente da Seduc. O notebook será fundamental nos meus estudos e principalmente em Brasília no PJB", comemora.

João Marcos diz estar ansioso por representar o estado. "Minha expectativa é a melhor possível de estar lá e fazer o meu papel, representando o Piauí. Me sinto grato por ter ganhado este notebook, pois será essencial para fazer os meus projetos, principalmente quando viajo para casa e às vezes não consigo fazer o trabalho da escola, justamente porque não tinha o computador", explica o aluno.

"É uma satisfação muito grande dar este aporte aos meninos, especificamente na estrutura e materiais de apoio, como o computador, para que eles possam trabalhar melhor nestas atividades que irão exercer durante a estadia no parlamento brasileiro representando o nosso estado e as nossas escola", comemorou a secretária Rejane Dias.

Projetos
O projeto da aluna Antonia Maria dispõe sobre a criação de um fundo nacional de prevenção e combate ao alcoolismo infatojuvenil nas escolas pública de todo o país. A criação do fundo pelo Governo Federal prevê a tributação de 25% do imposto de renda da fabricação e comercialização de bebidas alcoólicas a serem trabalhos nas escolas com projetos que visem prevenir e combater este problema.

Já o aluno João Marcos criou um projeto de lei que aborda a implantação de projetos de responsabilidade socioambiental dentro das escolas públicas. O projeto prevê a criação de mini ONGs com campanhas que possam melhorar a vida das comunidades locais.

Fonte: Com informações do Portal do Governo