Seduc lança programa para formar conselheiros

. O processo é uma parceria entre as Secretarias Municipal e Estadual de Educação e Cultura e da Undime

Todos os conselheiros escolares do ensino estadual e municipal público de Teresina e região podem ter acesso ao processo de formação de conselheiros escolares, disponibilizado pela Secretaria Estadual de Educação. Neste primeiro momento, serão abertas 18 turmas com 45 alunos em cada, que terão aulas a distância com carga horária de 40 horas, sendo 28 em Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA) e 12 horas de encontros presenciais, a partir da primeira semana de maio.

Segundo Rosimar Cavalcante, coordenadora estadual do Conselho Escolar da Seduc, professores, funcionários, alunos, pais, comunidade e todos os que compõem conselhos escolares podem participar do cursos de formação.

No primeiro momento o curso será oferecido na mesorregião de Teresina, que envolve municípios como União e Altos. As fichas de pré-inscrição já estão disponíveis nas Gerências Regionais de Ensino (GREs). As próximas regiões contempladas com turmas serão as de Picos, Floriano, Bom Jesus e Parnaíba.

?Implantamos estratégias de sensibilização e incentivo para que os conselheiros participem do curso, que será essencial para o domínio sobre as atribuições do Conselho Escolar e de que forma eles pode contribuir para a melhoria da escola e do ensino?.

Os conselheiros poderão ter aulas adaptadas às suas condições e horários, com o apoio de um tutor designado para atender regiões específicas. Cada participante receberá certificação. A meta da Seduc em 2014 é formar 2400 tutores em toda o estado. O processo é uma parceria entre as Secretarias Municipal e Estadual de Educação e Cultura e da Undime (União dos Dirigentes Municipais da Educação).

Ainda segundo a coordenadora, esta é a primeira vez que o curso é ofertado no Piauí e espera boa adesão de conselheiros. ?O conselho escolar representa a transparência da escola, mas é preciso também que se mude a concepção de que o conselho tem apenas a tarefa de prestar contas. Ele pode intervir em todos os âmbitos da escola, desde o aspecto financeiro ao pedagógico. Um conselheiro com amplo conhecimento de suas funções tem a capacidade de atuar para melhorar a qualidade de ensino da escola?.

Fonte: Samira Ramalho