Seduz irá disponibilizar cerca de 13.800 vagas para cursos técnicos

Carga horária de no mínimo 160 horas e no máximo 300 horas.

A Secretaria de Estado da Educação vai implantar no Piauí as primeiras turmas dos Cursos de Formação Inicial e Continuada (FIC). Trata-se de uma nova modalidade de ensino técnico ofertada pelo Ministério da Educação, com carga horária de curta duração. 

Os cursos FIC possuem carga horária de no mínimo 160 horas e no máximo 300 horas. Em todo o Estado, serão ofertadas 13.800 vagas.

De acordo com a diretora da Unidade de Educação Técnica e Profissional (Uetep), Adriana Moura, os cursos serão destinados a trabalhadores e alunos do ensino médio ou concluintes do mesmo. “Nesse primeiro momento, nos reunimos com representantes do Ministério da Educação, falamos das nossas necessidades e, em seguida, encaminhamos um mapa da demanda. Estamos agora aguardando respostas dos cursos que serão ofertados no Estado para que possamos conduzir esse processo. A etapa seguinte será a visita da Coordenação Nacional do Pronatec ao Piauí que está prevista para acontecer até o final do mês”, afirma Adriana.

A diretora acrescentou que os cursos serão realizados de forma presencial, com jornada escolar diária que pode variar de três a quatro horas. Os beneficiários do programa receberão uma bolsa mensal de R$ 120.

A secretária da Educação, Rejane Dias, ressaltou que a ação faz parte do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Profissional (Pronatec), que proporciona aos alunos das escolas públicas oportunidades e condições de novas habilidades técnicas, contribuindo assim com sua inserção no mercado de trabalho. “Conseguimos essa inclusão em Brasília e, agora vamos dar celeridade para que estes cursos sejam abertos o mais rápido possível em nosso Estado”, comentou.


Fonte: Ascom