Sefaz realiza 10º sorteio da Nota Piauiense nesta quinta-feira (30)

Serão R$ 250 mil em prêmios; 150 mil pessoas já cadastradas no site

A Secretaria da Fazenda vai realizar na próxima quinta-feira (30), o 10º sorteio da Nota Piauiense. Serão sorteados prêmios de R$ 50 mil, R$ 20 mil, R$ 1.000, R$ 500, R$ 250 e R$ 100, totalizando R$ 250 mil. O consumidor já pode conferir em seu cadastro com quantos bilhetes irá concorrer.

O programa Nota Piauiense já distribuiu R$ 2 milhões em prêmios. Já são 150 mil pessoas cadastradas no site.

Além dos sorteios, quem pede a inclusão do CPF na nota terá direito a receber de volta até 30% do acréscimo no valor do ICMS, efetivamente recolhido por cada estabelecimento, caso ele tenha tido incremento de receita.

Quem quiser participar da Nota Piauiense deve realizar o cadastro do CPF no site (www.sefaz.pi.gov.br/notapiauiense). É rápido e fácil, já que é composto de perguntas básicas – como endereço, telefone, além do próprio CPF. 

Créditos já estão sendo depositados

Quem obteve créditos de ICMS em valor igual ou superior a R$ 25 já pode pedir o resgate no site da Nota Piauiense. Segundo a coordenação do programa, 114.330 consumidores têm direito a receber o imposto de volta, totalizando R$ 777.345,26.

Mas, para isso, é preciso pedir o resgate dos valores. Do total de consumidores com créditos disponíveis, apenas 1.263 solicitaram o pagamento, totalizando R$ 55.157,89. Os recursos são depositados em conta corrente.

Aplicativo 

Para facilitar ainda mais os serviços para o usuário, a Nota Piauiense lançou um aplicativo para smartphones. Entre as novidades, o usuário poderá cadastrar notas fiscais para conferir posteriormente se elas constam no seu sistema e se os dados batem.

O processo para cadastrar uma nota no aplicativo Nota Piauiense é simples e rápido. De posse do documento, o consumidor vai inserir dados como CNPJ do emissor, o número do documento, valor, data e o tipo de nota, além de poder anexar uma foto. Em caso de qualquer divergência de dados assim que a empresa emitir a nota para a Sefaz, o consumidor vai poder reclamar online.

Por enquanto, o aplicativo está disponível apenas para smartphones com sistema operacional Android. Para baixar gratuitamente, basta acessar a loja Play Store. 

Fonte: Portal MN