Segunda fase da integração atinge 70% dos ônibus em Teresina; veja

Mais 23 linhas de ônibus passam a fazer parte do sistema de integração da capital a partir de amanhã(01).

A segunda fase da integração do transporte coletivo de Teresina tem início a partir dessa sexta-feira, com a inclusão de mais 23 linhas nesse projeto. Com isso, os usuários contarão com 56 linhas integradas, totalizando 304, dos 450 ônibus que circulam pela capital, o que corresponde a quase 70% dos transportes coletivos de Teresina.



Algumas linhas que fazem pequenas viagens vão permanecer sem integrar e a zona rural ainda não será atendida porque os carros não trabalham com a bilhetagem eletrônica. No entanto, dados da Strans mostram que cerca de 200 mil usuários do transporte público serão beneficiados com mais essa etapa da integração. ?Esse acréscimo no número de ônibus que farão integração dará uma celeridade muito grande ao transporte coletivo da cidade. Os passageiros poderão se deslocar com mais rapidez?, disse a superintendente da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans), Alzenir Porto.

Segundo ela, nada mudará no processo de integração nas linhas de ônibus, só aumentará o número de veículos integrados. A superintendente informou ainda que todas as lonas das paradas de ônibus, que informam as linhas da integração, serão mudadas, para conter os novos itinerários. ?Não tem por que ter dúvida sobre essa nova fase da integração. Será da mesma forma, sem nenhuma novidade em relação à fase anterior. A única diferença é o aumento no número de ônibus?, disse.

O tempo limite entre a primeira e a segunda viagem, para aqueles que querem fazer a integração e pagar apenas uma passagem, continua em duas horas. ?Não temos por que mudar isso. No início, era uma hora e as pessoas reclamavam, então ampliamos para duas horas, mas nossos relatórios mostram que poucas pessoas não conseguem fazer a integração em uma hora?, pontuou.

Fonte: Pollyanna Carvalho