SEID busca parceria com Centro Nacional de Referência em Tecnologia Assistiva

Os representantes do Piauí se reuniram com pesquisadores do Centro, que é referência nacional no desenvolvimento de tecnologias assistivas

O secretário estadual para Inclusão da Pessoa com Deficiência, Hélder Jacobina, e o coordenador de acessibilidade da SEID, Claude Girão, visitaram na manhã desta sexta-feira (22) o Centro Nacional de Referência em Tecnologia Assistiva (CNRTA), em Campinas (SP). Os representantes do Piauí se reuniram com pesquisadores do Centro, que é referência nacional no desenvolvimento de tecnologias assistivas e tem como missão a tarefa de articular nacionalmente uma rede cooperativa de pesquisa, desenvolvimento e inovação na área de tecnologia, voltada às pessoas com deficiência.

A pesquisadora Fabiana Bonilha explica que a visita do secretário e do coordenador da SEID destacou a importância de que os estados busquem essa parceria para a ampliação de rede de pesquisa e desenvolvimento em tecnologias assistivas. ?O secretário nos informou que já houve uma reunião entre a SEID e membros da Fapepi, também tratando dessa questão. Nós aqui do CNRTA trabalhamos com 29 núcleos de pesquisa em tecnologias assistivas, de todo o Brasil, e estamos sempre buscando ampliar essa rede de colaboradores?, ressaltou.

A visita ao Centro Nacional de Referência em Tecnologia Assistiva é, segundo o secretário Hélder Jacobina, mais um passo em busca da formação de uma rede de parcerias com universidade públicas e privadas do Piauí e de outros Estados, contando com a colaboração de centros especializados como o CNRTA. ?Estamos buscando essas experiências de sucesso para que possamos desenvolver tecnologias no nosso próprio Estado, em benefício das pessoas com deficiência?, afirmou Hélder Jacobina.

Fabiana Bonilha conta que o CNRTA presta total apoio às instituições que tenham interesse em se integrar à sua rede de pesquisa, e que o papel da rede é contribuir para a disseminação de informações. ?Isso fortalece o trabalho de todos e ajuda na articulação de novas parcerias?, destacou. O secretário lembrou ainda que um passo importante para o sucesso dessas parcerias é a participação efetiva das pessoas com deficiência nesses processos.

?Quando retornarmos vamos nos reunir novamente com a FAPEPI e buscar realizar um termo de cooperação técnica com o CNRTA. Para assim podermos trazer pesquisadores ao Piauí para repassar as experiências adquiridas naquele centro, e também para que eles conheçam já é desenvolvido aqui?, informou o secretário.

O CNRTA é uma ação da Secretaria de Ciência e Tecnologia para a Inclusão Social (SECIS), que foi criada em 2012 para possibilitar a interação entre as várias iniciativas e práticas no campo da Tecnologia Assistiva, desenvolvidas tanto pelos setores acadêmico e produtivo, quanto por entidades especializadas no atendimento a pessoas com deficiências e órgãos governamentais. Este centro tem como missão articular nacionalmente uma rede cooperativa de pesquisa, desenvolvimento e inovação na área de Tecnologia Assistiva.

Fonte: Ascom