Seis pessoas morrem em consequência da chuva no Rio

Defesa Civil recebe 169 chamados e mantém estado de atenção

Os Bombeiros de Niterói, na Região Metropolitana do Rio, confirmaram na manhã deste domingo (7) a morte de duas pessoas após o desabamento de uma casa, provocado pelo deslizamento de terra, no bairro de Cubango. Uma mulher e uma criança não resistiram. Um homem que estava em outro cômodo conseguiu escapar, sem ferimentos graves. Com isso sobe para seis o número de mortos em consequência da chuva que começou na noite deste sábado (6). Mais cedo a Defesa Civil Municipal confirmou a morte de quatro pessoas em desabamentos. Três casas foram atingidas após deslizamento de terra em Anchieta, no subúrbio, provocando duas mortes e deixando seis feridos. Outras duas pessoas morreram no desabamento de três casas, também provocado por deslizamento de terra, no Rio Comprido, na Zona Norte. Uma pessoa ficou ferida. A Defesa Civil Municipal informou ainda que recebeu 169 chamados desde a tarde de sábado (6) até a manhã deste domingo (7). A maior parte das ocorrências foi devido a deslizamentos de encostas. A chuva forte que começou no início da noite deste sábado provocou transtornos em toda a cidade. As principais ocorrências são relacionadas a alagamentos, quedas de muros e deslizamentos. O estado de atenção está mantido.

Fonte: g1, www.g1.com.br