Seis pessoas são assassinadas por hora no Brasil, aponta estudo

Nos últimos 31 anos, cerca de 1,2 mi de pessoas foram mortas.

Apesar da estabilidade na última década, o número de homicídios continua em crescimento no Brasil. A cada hora, uma média de seis pessoas são assassinadas no País. Desde 1980, este número já chega a cerca de 1,2 milhão de casos.

Os dados são de um estudo do Instituto Avante Brasil, liderado pelo jurista Luiz Flávio Gomes e por Alice Bianchini. O levantamento, coordenado pela pesquisadora Natália Macedo, abrange também os números oficiais do SUS sobre mortes violentas desde 1980 até 2010.

Entre os anos do estudo, a proporção de homicídios a cada 100 mil habitantes passou de 11,7 casos em 1980 a 27,3 em 2010. Em números absolutos, houve um salto de 13.910 mortes em 1980 para 52.260 óbitos no começo desta década.

A taxa de homicídios a cada 100 mil habitantes, porém, representou uma desaceleração na última década. Nos 31 anos estudados, o crescimento neste índice foi de 133%. Já entre 2000 e 2010, houve uma estabilidade no aumento, na casa de 1,48% ao ano.

Uma das projeções feitas na pesquisa indica que, em 2050, serão 11 pessoas mortas por hora no Brasil. No total, portanto, serão 94.203 mortes daqui a 38 anos.

Fonte: R7, www.r7.com