Selfie de Miss Israel ao lado de Miss Líbano causa indignação das nações rivais

A Miss Israel rebateu a informação dizendo que o selfie a tinha feito se sentir triste

Candidatas a Miss Universo de Israel e do Líbano posaram para uma selfie durante o concurso de beleza mas acabaram desencadeando uma série de protestos pelo mundo.

A candidata a Miss Israel, Doran Matalon, postou a fotografia em sua conta no Instagram, onde mostrava-se ao lado da libanesa Saly Greige. O problema é que o país é inimigo de sua nação, e por isso toda a polêmica se iniciou.

Matalon tinha postado a imagem com uma legenda dando bom dia aos amigos, enquanto apresentava as candidatas a Miss, do Japão, Eslovênia e Líbano. Desde então, os críticos libaneses pediram para tirar o título de Miss da candidata representante do país.

Após os protestos de pessoas de seu país, a jovem libanesa tentou minimizar a imagem no Facebook, dizendo que estava tentando evitar a candidata de Israel, mas ela acabou tirando a foto em um momento desprevenido.

“Eu estava tirando uma foto com a Miss Japão e a Miss Eslovénia; de repente a Miss Israel chegou, tirou um selfie e postou em sua conta na rede social,” contou ela.

A Miss Israel rebateu a informação dizendo que o selfie a tinha feito se sentir triste. “Pena que você não pode colocar a hostilidade fora do concurso, apenas três semanas de uma experiência de uma vida que podemos conhecer garotas de todo o mundo e também do país vizinho”, escreveu ela.

Este ano o concurso Miss Universo será realizada em Doral, Miami, no dia 25 de janeiro.

Clique aqui e curta o Portal Meio Norte no Facebook

Fonte: Gadoo