Sem conseguir abrir a boca, menino espera por cirurgia há 1 ano

Sem conseguir abrir a boca, menino espera por cirurgia há 1 ano

Garoto de 9 anos caiu do segundo andar de um prédio há 4 anos. De acordo com a Sesa, cirurgia vai acontecer ainda neste ano

Após cair do segundo andar de um prédio na Grande Vitória, o menino Neemias Pereira, de nove anos, não consegue mais abrir a boca e precisa passar por uma cirurgia. De acordo com a mãe do garoto, a família aguarda por esse procedimento cirúrgico há um ano e meio, mas os hospitais públicos do estado não possuem o equipamento específico. A Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) informou que o aparelho está em processo de compra e que a cirurgia será realizada ainda neste ano.

"Tenho que empurrar a comida com o dedo, tenho que aguentar. É muito difícil, mas assim que eu estiver melhor quero poder comer um hambúrguer", descreveu Neemias, contando as dificuldades em ingerir os alimentos. A criança só consegue ingerir líquidos e empurra pequenos pedaços de alimento com os dedos para dentro da boca. O menino também tem dificuldades para falar.

A mãe, Rosângela Pereira, explicou que não consegue se alimentar corretamente vendo o sofrimento do filho. "Os irmãozinhos dele também ficam assim, é um sofrimento porque não posso colocar um pedaço de carne na mesa, ele não consegue comer. Meu filho gosta muito de arroz e feijão, comida normal, mas só tenho como fazer essa comida bem rala para ele conseguir comer", disse.

O acidente com Neemias ocorreu há quatro anos e desde então o menino já passou por um procedimento cirúrgico, em 2010, e sessões de fisioterapia, mas uma tomografia mostrou que ele precisa de outra cirurgia.

"Já fiz tudo o que podia. Já fiquei para cima e para baixo tentando resolver isso. Onde me mandam ir eu vou. Gostaria que a Secretaria de Saúde se dispusesse para comprar o aparelho para ser realizada essa cirurgia ou que comprasse uma vaga em um outro hospital que tenha esse aparelho", contou a mãe.

O subsecretário de estado da Saúde, Geraldo Queiroz, afirmou que a cirurgia será realizada ainda neste ano e que, após o procedimento, o garoto terá acompanhamento permanente do cirurgião.

"Essa criança será operada pelo Hospital Infantil de Vitória. Nós já contatamos o cirurgião especialista e estamos apensas dependendo de um equipamento específico para o hospital. A abertura da licitação está prevista para o dia 9 de novembro e pouco tempo em seguida operaremos o menino. Não dá para dizer quanto tempo, mas será pouco, tenho certeza de que ele será operado ainda neste ano", disse.

Fonte: G1