Sem passar por legista, corpo é liberado a familia no Piauí

Sem passar por legista, corpo é liberado a familia no Piauí

Sem passar por legista, corpo é liberado a familia no Piauí

Médico libera corpo à familiares sem antes passar por legistas do IML

O corpo de um idoso, de identidade não identificada, foi liberado para velório sem pericia de legista do Instituto Médico Legal na cidade de Parnaíba, por ordem de um médico plantonista do Hospital Estadual Dirceu Arcoverde, nessa última quarta-feira (18).

O médico plantonista responsável, liberou o corpo do idoso diretamente aos familiares, o que diante das normas hospitalares é ilegal. De acordo com os procedimentos, o corpo deve passar por legistas, para em seguida ser liberado aos familiares para o sepultamento.

O coordenador do IML solicitou que uma equipe fizesse a remoção do corpo, antes do sepultamento na cidade de Joaquim Pires - cidade vizinha - para que o procedimento correto fosse realizado.

Na cidade de Joaquim Pires, local em que o corpo seria sepultado, os funcionários do IML foram informados de que o sepultamento aconteceria em poucas horas e por esse motivo não poderiam remover o corpo, em razão também, do sofrimento dos familiares.

O policial Robinson Castilho, acatou a decisão de não remover o corpo. Segundo ele, para não criar constrangimentos à família.

A delegacia regional abrirá um inquérito para apurar a conduta do médico que liberou o corpo.

Fonte: Portal do Catita