Sem salários, motoristas de transporte escolar deixam alunos sem aula em THE

Sem salários, motoristas de transporte escolar deixam alunos sem aula em THE

A paralisação tem sido o maior problema para os alunos, escolas e famílias.

Daniela de Araújo cursa o 3o ano na escola Professor José Amável, que fica no bairro São João, zona Leste de Teresina, bem distante do bairro Pedra Mole onde mora.

Atualmente um dos seus maiores problemas da aluna está relacionado à falta de transporte escolar, o que talvez lhe deixe fora de aula. ?Para mim, o custo aumenta muito em razão do alto custo das passagens. Vou ter que pagar mais de R$ 80,00. O carro vinha buscar a gente aqui e em menos de 1 hora nós estávamos na escola.?

A escola tem alunos de bairros distantes como Satélite, Cidade Leste, Santa Bárbara, Vila Bandeirantes e até da zona rural.

"Aqui em Teresina a gente já tem problema com ônibus coletivo que já vem cheio. Às vezes, a gente sempre chega atrasado porque eles chegam atrasados", lamenta um aluno.

Nas escolas, professores e diretores vivem na expectativa da solução do problema. As empresas responsáveis pelo transporte escolar em Teresina estão sem o pagamento há, pelo menos, três meses. Sem salário, os trabalhadores já pararam por três vezes, somente este ano, e agora estão novamente de braços encruzados.

De acordo com a diretora da escola, Rosângela Veras, alguns alunos estão sendo transferidos, o que representa uma perda muito grande para a instituição."Muitas mães que têm dois filhos, mandam um filho e outro não porque não tem dinheiro. Algumas mães estão pedindo transferência da nossa escola e a nossa comunidade termina perdendo, tudo por causa dos ônibus que estão parados novamente há 15 dias."

Na Unidade Professor Joca Vieira, na zona sudeste a situação não é diferente. O diretor da escola Joca Vieira, Ferdinand Sousa, já perdeu a esperança de ver seus alunos chegando em um ônibus escolar. O colégio está vazio e infelizmente os alunos não tem como chegar à escola. ?Infelizmente nossos alunos têm que tirar recurso do bolso para vir à escola. Já enviamos ofício solicitando o transporte, mas não conseguimos. Vamos correr atrás para resolver esse problema, isso não pode continuar!.?

Fonte: Denison Duarte