Servidores públicos do Piauí não receberão salários em dezembro

Contas das prefeituras estão blogueadas.

O prefeito de Luís Correia, Kim do Caranguejo, tenta o desbloqueio de contas da prefeitura do município no litoral piauiense decretado pelo TCE por desrespeito a Lei da Transição. Por causa disso, os R$ 62 mil da segunda conta do Fundo de Participação depositados ontem não podem ser utilizados pelo gestor.

?Vai prejudicar os funcionários e os fornecedores. Quando a conta é bloqueada quem é prejudicado não é o prefeito e sim o povo?, disse o prefeito.

O caso de Luís Correia não é isolado e o prefeito se defende da denúncia de que teria abandonado o município. ?O prefeito não é pra estar toda hora na cadeira da prefeitura. Ele tem que procurar defender a cidade. Não abandonei a cidade?, afirma ele.

Quando assumirem os mandatos no dia 1 de janeiro os novos prefeitos, em sua maioria, irão encontrar prefeituras com dificuldades financeiras. De acordo com a própria APPM, em pelo menos 170 dos 224 municípios do Piauí as contas públicas não serão fechadas na virada de 2012 para 2013.

Em pelo menos 100 cidades piauienses os funcionários públicos não receberão os salários do mês de dezembro.

Os gestores tiveram ajuda do Governo Federal para tentar o equilíbrio financeiro das contas. Os débitos do INSS, por exemplo, foram reparcelados com redução de até 65% em multas, juros e encargos. Nos municípios em estado de emergência por causa da seca, tem anistia dessa dívida por um prazo de até seis meses.

*Com informações da repórter Cínthia Lages

Fonte: Samara Costa