Sesapi estuda implantação de cirurgias neurológicas em Parnaíba

A ideia é firmar parceria para atender a demanda do território

A Secretaria de Estado da Saúde estuda implantar a oferta de serviço de neurologia no município. A ideia é firmar parceria para atender a demanda do território Planície Litorânea. Com a proposta, será possível diminuir o tempo de atendimento da vítima da ocorrência neurológica entre o evento do trauma e a assistência especializada.

“Os procedimentos, hoje, na sua grande maioria, são referenciados para a capital, e alguns deles poderiam ser feitos em Parnaíba. Estamos, a partir de agora, com a equipe técnica da Secretaria de Estado as Saúde e Secretaria Municipal de Parnaíba, discutindo sobre a logística para fazer esse atendimento, desde a parte de estrutura à parceria e equipe de profissionais. É uma ação muito importante para o processo de descentralização da Saúde no Estado do Piauí”, comenta do secretário Francisco Costa.

O neurocirurgião Emerson Brandão, da Rede de Urgência e Emergência da Secretaria, explica que com a implantação do serviço o paciente terá mais agilidade no atendimento. “Nós já sabemos que o tempo no atendimento desses pacientes é fundamental e essa demora entre o primeiro atendimento na sua cidade e o encaminhamento para realizar a cirurgia em Teresina piora o quadro da vítima, aumenta as sequelas e também as chances de óbito”, acrescenta.

O Hospital Estadual Dirceu Arcoverde (HEDA) já oferta uma série de procedimentos neurológicos, que será ampliado para a realização de cirurgias neurológicas. O projeto de implantação passará por ajustes realizados pelas equipes técnicas do município e da Superintendência de Assistência à Saúde (Supas) da Secretaria de Estado da Saúde.

Fonte: Com informações do EGO