Sete municípios piauienses não fizeram acompanhamento do Programa Bolsa Família

Sete municípios piauienses não receberam recursos para gestão do Bolsa Família

O Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) divulgou ontem o número de municípios que conseguiram cumprir o preenchimento mínimo de 20% das informações do Índice de Gestão Descentralizada (IGD). No Piauí, 217 municípios preencheram os dados e receberão recursos da ordem de R$ 803.665,66 pra fazer a administração municipal do programa. Os recursos deverão também ser utilizados para investimentos na assistência social.

Em todo país, 97% dos municípios conseguiram preencher o mínimo das informações exigidas pelo MDS, nas áreas da saúde, educação e atualização cadastral. Ao todo, foram depositados nos cofres municipais, R$21,8 milhões. Os municípios que não enviaram os dados ficaram sem receber o montante. No entanto, apesar de não receber os recursos para serem aplicados na gestão municipal do Programa Bolsa Família nesse semestre, os municípios ainda terão uma nova chance para receber os recursos.

Para isso, os operadores municipais do programa deverão ?correr atrás do tempo perdido? para atualizar os cadastros vencidos. O prazo para enviar os dados referentes à educação termina no dia 18 de dezembro. Já a data para o envio das informações referentes à saúde, encerram no dia 31 de dezembro. O operador estadual do programa Bolsa Família, Francisco Saraiva, ressalta que os beneficiários residentes nos municípios que não cumpriram as metas não sofrerão penalidades. ?As famílias recebem os recursos normalmente. Apenas o município é punido?, frisa.

Os beneficiários do Bolsa Família continuarão a receber os recursos nos postos de atendimento da Caixa Econômica Federal, apresentando o cartão de beneficiário e a senha. Os repasses referentes ao IGD é de R$2,50 por família beneficiária e quanto maior o percentual de informações enviadas ao MDS, maior o volume de recursos que os municípios recebem. (M.M)

Fonte: Mayara Martins