Setut promove campanha de doação de sangue para ajudar estoque do Hemopi

A ação humanitária deve mobilizar cerca de 100 doadores voluntários, entre motoristas e cobradores das empresas do sistema de transportes coletivos urbanos, e vai acontecer no próprio Hemopi

O Sindicato das Empresas de Transportes Urbanos de Passageiros de Teresina (Setut) e o Centro de Hematologia e Hemoterapia do Estado do Piauí (Hemopi) realizaram na manhã deste sábado (07) a segunda edição da campanha "Doe vida, doe sangue".

A ação humanitária deve mobilizar cerca de 100 doadores voluntários, entre motoristas e cobradores das empresas do sistema de transportes coletivos urbanos, e vai acontecer no próprio Hemopi.

Segundo o diretor de Marketing do Setut, Solfieri Silva, a campanha tem como objetivo contribuir com o esforço das autoridades sanitárias e do Hemopi no sentido de ampliar os estoques de sangue durante o Carnaval.

"Esse é um período no qual a demanda por sangue nos hospitais aumenta consideravelmente, por isso, procuramos ajudar o Hemopi mobilizando o pessoal de nossas empresas para aumentar o número de doações", declarou o diretor do Setut.

Esse é o segundo ano consecutivo em que Setut e Hemopi promovem campanha de doação de sangue. Em fevereiro de 2014, as duas instituições fizeram parceria, e conseguiram mais de 110 doações, efetuadas por parte de motoristas, cobradores e funcionários do Setut. Ambas instituições envolvidas na Campanha "Doe vida, doe sangue" comemoraram os resultados positivos dessa ação conjunta.

Ainda de acordo com Solfieri Silva, a ideia de repetir a campanha de doação de sangue é justificada em função do êxito obtido na campanha de 2014. Para o presidente do Setut, Herbert Miura, é mais uma oportunidade encontrada pelas empresas, de executar iniciativas humanitárias que favoreçam a comunidade. O Setut distribuirá camisetas promocionais aos participantes da campanha, que se concentrarão na sede da entidade, a partir das 7 horas.

Da sede do Setut, os doadores seguirão até o Hemopi, em ônibus reservado. "Trabalhamos muito nesta parceria com o Hemopi, e nossa certeza de sucesso será confirmada pelo alto nível de engajamento de nossos colaboradores", disse Herbert Miura.

Segundo o diretor de Marketing do Setut, campanhas como esta são muito bem vindas porque ajudam a manter em níveis razoáveis os estoques mínimos de sangue, por tipagem sanguínea.

O Hemopi recebe em média 120 doações diárias, mas há períodos em que-os estoques são reduzidos a níveis preocupantes. Para doar sangue é preciso ter entre 16 e 67 anos de idade, pesar a partir de 50 quilos, estar saudável e alimentado, e apresentar documento oficial com foto. Antes do ato, o doador deve ter uma boa noite de sono, não ingerir bebida alcoólica, e não fumar duas horas antes.

Fonte: Jornal Meio Norte