Shelby Daytona Cobra Coupe é leiloado por US$ 7,2 milhões

Novo proprietário do raro modelo desembolsou US$ 7,2 milhões

 Márcio Murta Um Shelby Daytona Coupe de 1965 foi leiloado nesse domingo (16) pelo valor recorde de US$ 7,2 milhões (cerca de R$ 13 milhões) e tornou-se o automóvel norte-americano mais caro já comercializado na história.

O modelo já havia participado de um leilão em maio, no 22º Dana Mecum Original Spring Classic, evento de automóveis clássicos que ocorre em Indianápolis, em Indiana (Estados Unidos), mas não teve interessados. Já no leilão desse fim de semana, era estipulado que o modelo fosse vendido por um valor entre US$ 10 milhões (R$ 18,5 milhões) e US$ 15 milhões (US$ 28 milhões), mas o lance de "apenas" US$ 7,2 milhões acabou vencendo.

O Daytona modelo CSX2601 em questão é licenciado para circular em ruas e estradas – originalmente ele foi desenvolvido para circular somente em pistas de corrida – e foi comprado por um dono de uma rede de postos de combustível.

O esportivo foi concebido para vencer a Ferrari nas provas de Gran Turismo em que participou, em 1964 e 1965. Com um motor V8, era capaz de atingir 293 km/h e obteve sucesso no seu objetivo.

Fonte: Terra, www.terra.com.br