Sine pretende emitir 50 carteiras de trabalho digitalizadas em Teresina

Sine pretende emitir 50 carteiras de trabalho digitalizadas em Teresina

O novo registro reúne todos os demais documentos, como RG, CPF, CNH, até mesmo o Passaporte e podem ser consultados no site do Ministério do Trabalho

A Carteira de Trabalho Digital já pode ser emitida no posto do Sistema Nacional de Empregos (SINE) do Espaço Cidadania na zona Leste de Teresina. O novo registro reúne todos os demais documentos como RG, CPF, CNH até mesmo o Passaporte que pode ser consultado no site do Ministério do Trabalho, evitando que o trabalhador precise portar o documento. A meta é emitir 50 novas carteiras por dia, mas como o sistema ainda está em fase de testes, apenas 10 estão sendo realizadas.

De acordo com a gerente de atendimento do Espaço Cidadania, Arcanja Viana, após as eleições, o serviço deve ser normalizado, pois além do novo sistema informatizado, o treinamento para que os funcionários aprendam a operá-lo deve ser concluído. “Tudo que é digital precisa de uma estrutura para podermos atender o cidadão com eficiência e agilidade, por isso, estamos aumentando a confecção de carteiras aos poucos para não gerar transtornos”, explica.

A nova carteira é confeccionada em papel de segurança e traz plástico autoadesivo inviolável que protege as informações relacionadas à identificação profissional e à qualificação civil da pessoa. O coordenador e supervisor do posto do SINE, Alexandro Santos explica que o antigo registro impossibilitava o trabalhador de repor todas as informações de trabalho do documento em caso de roubo, agora todas essas informações ficam armazenadas no banco de dados do Ministério do Trabalho. “O novo sistema deixará tudo informatizado, simplificará até mesmo, quantos anos de permanência no emprego, se houve férias. Tudo será monitorado evitado até mesmo fraudes de trabalhadores e empresas”, revela.

Para solicitar a primeira via da carteira digital, o cidadão deve estar em posse dos seus documentos como CPF, RG, certidão de nascimento ou de casamento, reservista, registro em Conselhos como OAB, CREA, CRP. Para digitalizar a antiga ou tirar a segunda via também será necessária a carteira de trabalho antiga ou boletim de ocorrência em caso de perda ou roubo com o número da antiga e os extratos do CNIS ou guia do seguro desemprego ou rescisão do contrato de trabalho.

É importante levar o CEP correto, caso esteja atualizado o sistema não poderá realizar o cadastro. A nova carteira é emitida em até 15 dias, pois é levada a Brasília e depois retorna a Teresina, onde deverá ser recolhida no mesmo local de cadastro juntamente com o número de protocolo entregue.

Ainda segundo Arcanja, a carteira de trabalho digital também pode ser emitida em outros postos do SINE no Dirceu, Parque Piauí e no centro, como também na sede do Ministério do Trabalho e Emprego que só é realizado mediante o agendamento do serviço. Os moradores de Picos, Parnaíba, Bom Jesus e Campo Maior devem receber o serviço até o final deste ano.

Clique aqui e curta a página do meionorte.com no Facebook

Fonte: Rhauan Macedo